September 10, 2018

Please reload

Posts Recentes

Ação LEANI 2017: Lar de Francisco

November 14, 2017

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

I LEANI MUN: The New York Times - Tema A

October 17, 2017

Por dentro do LEANI MUN

 

               De 16 a 18 de outubro o CEFET/RJ recebe o evento LEANI MUN realizado pelos alunos e professores do curso do Laboratório de Relações Internacionais, um projeto vinculado ao curso de Línguas estrangeiras aplicadas às negociações internacionais. O evento, inspirado em modelos de simulações da ONU, teve todas as suas vagas preenchidas e conta com mais de 100 delegados, entre embaixadores e analistas.

                A programação ocupa o auditório V da instituição, o qual ontem durante sua abertura contou com uma mesa de debates sobre crises humanitárias e refugiados e com uma palestra magna do ilustríssimo Maurizio Giuliano, diretor do UNIC-Rio. Nos próximos dois dias o evento será composto por três sessões ao longo de cada dia, com base nos temas propostos.

                Todo evento e sua respectiva organização são frutos do trabalho árduo da equipe do secretariado e do staff, os quais trabalharam durante semanas para entregar um evento impecável. Em especial, devem ser mencionados os nomes da Secretária Geral, Julia Ribeiro, e do Vice-Secretário Geral, Luiz Fernando, que estão à frente do evento desde seu início.

 

               Ao longo de nossas edições conversaremos com membros da organização do LEANI MUN para deixar nossos leitores por dentro do que acontece no evento. Para edição de hoje conversamos com o Eduardo Moraes e com a Monique Maia, integrantes da equipe do STAFF, que falaram um pouquinho sobre suas respectivas participações e a dos demais colegas de trabalho no evento.

 

               Ao longo de nossas edições conversaremos com membros da organização do LEANI MUN para deixar nossos leitores por dentro do que acontece no evento. Para edição de hoje conversamos com o Eduardo Moraes e com a Monique Maia, integrantes da equipe do STAFF, que falaram um pouquinho sobre suas respectivas participações e a dos demais colegas de trabalho no evento.

 

The New York Times: Quais são suas impressões iniciais nesses primeiros dias de evento?

Eduardo Moraes: Considerando que é a primeira edição do evento, acho que tudo está correndo normalmente, com todos os percalços de primeira viagem.

Monique Maia: Acredito que o evento está caminhando para ser um sucesso e apesar de o primeiro dia ter sido exaustivo, tudo deu certo e hoje estamos mais aliviados e prontos para novos desafios. Todos os envolvidos no evento arrasaram!

NYT: Conte-nos um pouco sobre como está sendo sua experiencia como parte do staff.

EM: Ser parte do staff é sentir que é a argamassa da parede. Construindo o evento com a mão na massa e estando sempre solícito.

MM: Ser parte do staff é conseguir organizar, com a ajuda dos secretários e diretores, tudo o que o evento vai precisar, além de sempre estar disposto a ajudar.

NYT: Quais são as suas expectativas para o evento?

EM: Acho que os delegados têm um grande potencial para discorrer os temas e também acredito que a organização dará conta de fechar o evento com grande estilo.

MM: Minhas expectativas para o evento são que este será o primeiro de muitos outros que virão e que a partir desse evento, muitas pessoas irão conhecer um pouco mais do LEANI.

 

 

Analistas

Esta parte do jornal será dedicada as análises feitas durante as sessões pelo corpo de analistas presentes na assembleia. Confira algumas prévias das análises feitas durante a primeira sessão de hoje:

 

Austrália

Delegados: Maria Eduarda Rocha

  • Amplamente disposta ao debate, aceitando as medidas tomadas e debatendo de acordo com os interesses da Austrália. Não foi claro no discurso.

Iraque

Delegados: Jéssica Ágata / Ingrid Ramos

  • Está estabelecendo novos e melhores relacionamentos com países vizinhos e a comunidade externa, protegendo seus interesses.

Uma corrida armamentista não seria ideal e sim uma concentração das nações unicamente visando a paz mundial e a segurança global, tendo armamentos apenas por motivos pacíficos.

 

 

Correio do amor

 

            

Viu um delegato ou uma delegata e quer declarar seu amor? A hora é essa! Nessa parte do jornal publicamos todas as declarações de amor para os delecrushes. Já pensou se o amor da sua vida está na delegação ao lado?

 

“Delegação de Cuba, venha proliferar seus misseis no meu coração em crise. ”

“Delegada da Alemanha abençoando com a beleza. “

“Sra. Diretora de Staff, gostaria de saber se quer dirigir meu coração”

“Camile da imprensa, vem fazer uma reportagem na minha casa. “

“Luiza do staff, a senhora é luz, é raio, estrela e luar”

“Que delegado nada! Quero mesmo é o Matheus do staff. #Descubra”

“Sra. Delegada do Quenia, você é a flor que encanta meu jardim. #Medaumachance”

“Matheuzin, delegado mais gato de todas a nações unidas. ”

“Que deusa grega é essa! Vem me levar para o Olimpo,bb. ”

“Delegata de Cuba: Olha que mina gostosa, que mulher maravilhosa. ”

“Matheus, o senhor é meu pastor e nada me faltará. ”

 

Declarações de amor da assembleia de hoje:

“Nesse staff só tem gente gata. ”

“Suíça, irredutível apenas a excelência de sua delegação. ”

 

Bônus:

Pérola da assembleia: “A corrida armamentista é démodé.” – África do Sul.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags